"Sobre fotografia, com mais ou menos poesia".

 

A lomografia: Sarah e as cadelas Kyara e Nell

Foto feita com uma câmera Holga 120N, com lente de plástico de 60mm.

Os efeitos da baixa qualidade ótica são, às vezes, surpreendentes. Lomografia é isso: fotografar com filme em equipamentos mais simples e obter resultados multi-coloridos e com “soft focus”.

Sarah Kyara Nell

Filme negativo 120, em foto de Júlia Monteiro.

Memória fotográfica

O Instituto Moreira Salles e a Fundação Biblioteca Nacional uniram forças e lançam, na sexta-feira, o Portal Brasiliana Fotográfica. O site contará com mais de duas mil fotos históricas do século XIX e das duas primeiras décadas do século XX, em um esforço das duas instituições para preservar a memória fotográfica brasileira. Veja aqui.

D PedroII

Imperador D. Pedro II (divulgação)

Guarda sol

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s, when an unknown printer took a galley of type and scrambled it to make a type specimen book. It has survived not only five centuries, but also the leap into electronic typesetting, remaining essentially unchanged. It was popularised in the 1960s with the release of Letraset sheets containing Lorem Ipsum passages, and more recently with desktop publishing software like Aldus PageMaker including versions of Lorem Ipsum.

Why do we use it?
It is a long established fact that a reader will be distracted by the readable content of a page when looking at its layout. The point of using Lorem Ipsum is that it has a more-or-less normal distribution of letters, as opposed to using 'Content here, content here', making it look like readable English. Many desktop publishing packages and web page editors now use Lorem Ipsum as their default model text, and a search for 'lorem ipsum' will uncover many web sites still in their infancy. Various versions have evolved over the years, sometimes by accident, sometimes on purpose (injected humour and the like).

 

guardachuva

Fujicolor, Iso 100.

A igreja do Rosário

Esta é uma foto de 2004 que tirei da velha Igreja do Rosário no antigo Arraial de Jaraguá, Goiás. A Igreja do Rosário era sempre exclusiva para os negros em todo o Brasil do Império e da escravidão.
Ela me lembra uma frase de um texto que Cora Coralina, a poetisa simples do interior goiano que ganhou universalidade pelo seu talento, escreveu:

“Procuro superar todos os dias minha própria personalidade, despedaçando dentro de mim tudo que é velho e morto, pois lutar é a palavra vibrante que levanta os fracos e determina os fortes”.

 

Rosario

 Fuji Neopan Iso 400.